Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Mayra Cardi defende Arthur Aguiar: “ele também é uma vítima da sociedade” - Princesa Fm 91,7

Fale conosco via Whatsapp: +17991895854

No comando: BOM PAPO COM CAFÉ

Das às

No comando:

Das 5:00 às 7:30

No comando:

Das 7:30 às 9:00

No comando:

Das 9:00 às 13:00

No comando:

Das 13:00 às 16:30

No comando:

Das 16:30 às 19:00

No comando:

Das 19:00 às 21:00

Mayra Cardi defende Arthur Aguiar: “ele também é uma vítima da sociedade”

 

A empresária e ex-BBB Mayra Cardi, falou sobre seu relacionamento com Arthur Aguiar e deu detalhes sobre como tem sido a reação do público ao saberem que a ex-BBB reatou com o ator, durante sua participação no podcast do Joel Jota.

Mayra criticou as mulheres que dizem à ela que sentem falta de seus ex-parceiros, mas justificam não voltar por amor próprio. A coach reatou seu casamento com Arthur Aguiar após descobrir as 16 traições do ator, inclusive de quando estava grávida da filha do casal, Sophia, que hoje tem 3 anos.

“As mulheres que me encontram na rua e falam: eu não vou admitir, eu amo o meu marido mas eu não vou voltar com ele porque eu me amo. Eu falo para ela: não é que você se ama, é que você tem orgulho. Porque se você se amasse, você não estaria fazendo isso com você”, explica.

Para ela, a confusão entre os dois sentimentos dificulta o avanço nas relações: “Você acabou de me dizer que está sofrendo, mas não volta. O nome disso é orgulho, e não amor próprio. Amor próprio é fazer aquilo que te faz bem, se te faz bem estar com ele, é (por) orgulho que você não está voltando”, completa a empresária.

Sobre as traições, que levaram ao fim do casamento do casal em 2020, Mayra argumentou que Arthur, de certa forma, também foi vítima dentro da situação, já que, mesmo tendo uma parcela de culpa própria, outros fatores contribuíram para as atitudes.

“Meu marido – e não é defendendo – também é uma vitima da sociedade. Tem uma parcela de culpa, de responsabilidade, não poderia fazer o que fez, mas foi educado dessa maneira. A mesma mãe que educa a filha para ser uma princesa, educa o filho para comer o maior número de mulheres“, afirmou.

Fonte: Fabíola Nishi.

Deixe seu comentário: